Quero vomitar e por isso vim aqui. Sabe

Quero vomitar e por isso vim aqui.

Sabe quando você está a beira de um abismo de 50km de altura e lá embaixo tem um lago cheio de crocodilos para caso consiga sobreviver a queda? Seus pés calçados pisam sobre uma rocha com musgos, graminhas e vidas verdes encrustrados. Essa cor no meio do cinza dá uma sensação boa, aquele respiro leve e profundo. Mas não se deixe levar por ele, afinal um abismo te espera. O abismo está sedento por essa respiração que desequilibra. Olha para frente. Ahh, que horizonte. Nunca vi um horizonte tão cheio de possibilidades de olhar. Céu azul, pássaro solitário a esquerda, rochas, verdes, montanhas, um macaco!? Ahhh como amo macaco… Calma, cuidado. Pára de curtir, Paulinha! Um abismo te espera!

Espera é o caralho, eu vou sozinha!!! Se for para viver com medo, eu mostro que tenho coragem de me jogar.

Anúncios

sozinha em companhia de mim mesma.

É sexta, garota! You go girl, pode ir! Está solteira, pode fazer o que quiser!

E o que eu escolho? Ficar em casa bebendo água mineral, ouvindo Chico e sonhando com a possível compra de um apartamento. Vale enfatizar o “sonhando” longe da realidade.

Me sinto bem, me sinto bonita, me sinto segura. Acabei de chegar da academia, academia sexta a noite? Tenho me preocupado com a alimentação de uma maneira saudável e o principal: tenho bebido água, muita água. 

Álias, o principal é esse: tenho ficado em casa, trabalhado a mente em casa e circulado nos arredores de casa. 

Ué menina!? Tá segura, se sentindo bem, mais magra, mais bonita e nem quer mostrar isso pra ninguém? Estranho né? Mas não… quero ficar por aqui… eu, minha casa, meu bairro, meus planos e minhas roupas novas sem lugar para desfilar. 

Ah, vai dizer que não quer aparecer? A-ham… falou a senhora apresentadora tss tss! Sim, falei porque no programa é um outro eu, assim como o professor de Yoga dentro da sala é um e no corredor é outro. 

Eu até tenho saído. Vou sozinha pro cinema, exposição, teatro, casa de vó, almoço com amiga…

Será que eu vou voltar a gostar de gente, barulho, risadas e bebidas? Espero que sim, mas vou respeitar minha preguiça. Preguiça que não é assim tão preguiçosa. Estou acordada, acordadíssima, pra mim mesma. Image

 

Como não ir a academia.

Nunca li, mas aposto que existem vários tutoriais dando dicas para se ter coragem de malhar.

Faço academia na frente de casa, literalmente, é só atravessar a rua. Mas como passo fácil um dia inteiro dentro de casa apenas postergando o treino acho que tenho conhecimento o suficiente para dar aulas de como não ir até lá.

01. Nunca faça academia logo que acordar, afinal você tem um dia tão longo pela frente que pode curtir sua manhã tranquila….

02. Depois do almoço? Nem pensar! Existe a digestão e minha vó sempre me alertou sobre os riscos de morte súbita ao fazer exercícios nesse momento. Sejamos como os espanhóis! Uma longa ciesta de 2 a 3 horas são o suficiente, ou seriam se não fosse o terceiro item.

03. Televisão! Uma ótima maneira de controlar o tempo que se tem enquanto esperamos o momento perfeito de ir a academia. Se você tem TV a cabo sabe quanto tempo demora para acabar o programa ‘imperdível’ (hoje foi o Pequenas Misses) que está passando. Portanto prometa que irá malhar daqui 30 minutos e quando acabar você promete que só vai ver mais um programa de 30 minutos e depois outros e outro…

04. Claro que você não desistiu da academia né? Só está “aproveitando” o dia e agora que já descansou bastante você até iria né? Se não fosse a necessidade de um lanchinho pré treino! E mais 1 horinha pra digestão…

05. Agora que já cumprimos essa horinha de digestão porque não escrever no blog que nunca posto, um post que não é nada genial, mas nesse momento de ida para a academia parece ser inadiável. Álias, como deu vontade de arrumar o armário agora ou desenhar… Nossa, que saudade de estudar matemática, acho que faz uns 7 anos, por que não relembrar agora?

06. Ahhh que pena!!! Falta 45 minutos para a academia fechar e apesar de eu chegar lá em menos de 1 minuto não dará mais tempo de fazer o treino completo, mas amanhã a gente jura que vai né?

Esse post é em homenagem a você que como eu está sem coragem hoje. Então, vamos rir dos anos 80 e dos caras de academia?

Momento Inútil.

Eu estava rodando num site de fofocas quando me deparo com essa foto: 

Image

Daí vc pensa: “Uma coxona”

Vi essa outra foto: 

Image

E conclui: “É uma enorme coxa mesmo”.

E então vê a foto a seguir:

Image

 

“Caraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai, que coxa é essa???!”

Agora sim dá pra entender a proporção do corpo das funkeiras!!!!

Dá tipo 3 pernas da outra…

Image

Pronto… compartilhei meu aprendizado do dia. 

Resumo de uma insônia

1 – Feche os olhos. 

Pensamento: Uau, parece que estou de olho aberto, será que dá para ficar de olho aberto com o olho fechado? Parece que eu estou de olho aberto com o quarto completamente escuro! Como desligar o olho? Só fechando não tá funcionando… Ahhh meu deusss, meu olho não fecha, não desliga… ahhh!!!

2 – Mentalize o vazio

Pensamento: Vazio, vazio, pense no vazio, tá então pense num ponto preto, puts preto não é calmo, preto é tenso… Tá, pense num ponto azul… Uau, eu fico vesga pensando em pontos de qualquer cor… Ué, dá pra ficar vesga de olho fechado? Ahhh, meu olho não desligou ainda…

3. Encontre uma posição confortável.

Pensamento: A posição anterior estava melhor, aliás a anterior que estava melhor, álias melhor voltar pra anterior, ah não, tava melhor a outra, aliás, a outra…X Infinito.

 

 

 

 

Trilha sonora para gripe.

Heyy!

Como a gripe não sai de mim, tenho que encontrar soluções para deixar o dia em casa mais gostoso.

Por isso fiz uma trilha sonora que pode te ajudar nesses dias difíceis como os meus 🙂

Para começar, Kings of Convenience – Homesick! Por mim o disco Riot on an Empty Street inteiro caberia como trilha sonora, mas escolhi a música perfeita que até o nome combina com no seu dia. Hoje é o dia que você mata a saudade de casa. Essa música relaxa, acalma e ao mesmo tempo não é depre. Ai, como amo o instrumental deles!

Eu acho super difícil dizer a trilha sonora da minha vida e tem gente que fala a sua com tanta certeza que não consigo entender. A vida muda muito, né? A próxima música escolhida é uma das que poderiam entrar na minha trilha da vida, pelo menos é uma das minhas preferidas: Her Morning Elegant do Oren Lavie. O clipe por si já é inspirador para sua tarde na cama, agora a música é absurdamente deliciosa!

Gripe não é desanimo, pelo contrário! A gente não pode se entregar pra moleza se não a doença engole a gente. Por isso, escolhi a Tire Swing da Kimya Dawson, quando estava em dúvida entre algumas músicas da trilha sonora de Juno. Ela não é irritantemente agitada para alguém gripado e ao mesmo tempo não é devagar.

O ritmo da música anterior me lembra muito a próxima: Quelqu’un m’a dit da Carla Bruni. Uma música francesa com bastante biquinho para combinar com a carência que sempre sinto gripada. Ah, que aconchegante…

Fiquei na dúvida com essa, porque toda vez que escuto Norah Jones, sinto vontade de beber uma taça de vinho e álcool não combina com gripe. Então, testei Don’t know why com chá de maça com canela e sabe que deu certo?

Quem me conhece sabe que sou louca por Amy Winehouse, então em qualquer trilha que fizesse tentaria forçar a entrada dela ❤ . Mas nem precisei de esforço: Love is a Losing Game é ótima para terminar o chá de canela da música anterior.

E uma voz masculina para terminar: Mayer Hawthorne – Dreaming

Peço licença, para falar um de uma música que foge do perfil dessa lista. Quando estava pensando na trilha sonora da gripe, lembrei da música California King Bed da Rihanna que tem um clima gostoso de cama e sonolência e, inclusive, até 1:05 ela seria perfeita pra isso. Mas fui reouvir agora, gripada, e vixi mariaaaa! Como me irritam as partes que ela estende as vogais para cantar como no Californiaaaaaaaa King Bed e também a guitarra parece música da Vanessa Rangel… Ahh, deu dor de cabeça! Porémmm, sua gripe pode ser diferente da minha, se quiser arriscar:

Gostaram? Bom, agora vou lá curtir o meu mal estar 🙂

Mal-bem-estar

Image

Estou com dor de garganta, tosse e moleza no corpo. 

Quem gosta de estar doente? Ninguém… 

Image

ImageMas sabe que eu ando muito otimista e vendo lado bom em tudo.

Tão bom ter obrigação de descansar. Só estando doente você tem a tarefa ardua de não fazer absolutamente nada. Ficar no ócio sem culpa? Tá bom, aceito!

E hoje meu dia foi assim. Internet, chazinho, filme, fotos, chazinho, delivery e… pão de queijo ❤ 

Image

 

 

Passei o dia na fazenda: dormindo!

Image

Sábado, 6h da manhã, estava eu acordando para ir pra Fazenda Santa Maria.

3h de São Paulo = 3h dormindo.

Tenho sonhado sonhos deliciosas e profundas… Tenho pirado no que minha mente quis dizer com eles, cena por cena.

Enfim, gosto de viajar para olhar para fora da janela e acabar por olhar pra dentro de mim. Aprender e refletir sobre mim mesma. Acho que 1h de viagem ás vezes vale mais que uma hora com o analista.

Essa viagem não pensei, dormi. Dormi como se houvesse amanhã e aprendi que dormir tem seu valor. Não, eu não esqueci de por um ‘não’ antes do houvesse, é que eu vivo como se não houvesse amanhã. Não consigo passar um dia sem fazer nada que fico agoniada, sofro de verdade… Preciso pelo menos fazer uma boa atividade no dia, mas em geral me satisfaço com umas 3 ou 4. É bom viver como se houvesse amanhã de vez em quando, assim a ansiedade não me consome tanto.

Aprendi e gostei de dormir, viu? Cheguei na fazenda, almocei um belo de um arroz e feijão daqueles “bruto” e… dormi de novo!!!

Tive um sonho tão louco, tão absurdo, sofrido e profundo que não dá pra contar. Percebi que o sonho fala mais da gente do que a gente consegue entender. 

Vou compartilhar com vocês minha nova relação com o sono e com o sonho:

Quando eu acordo, tento não levantar, nem fazer outra atividade rapidamente. Para você registrar e lembrar o sonho mais tarde é preciso pensar nele no ato em que despertar. Você vai puxando alguma lembrança do sonho e vai puxando e vai saindo igual um fio dental da caixinha… é muito gostoso. O próximo passo é entendê-lo. Por vezes você só consegue entender o sonho quando está contando pra alguém, mas veja bem com quem você está conversando. É bom ter em segredo boa parte de você mesmo.

Olha que delícia a fazenda nas fotos, um belo lugar tranquilo para andar a cavalo, caminhar, jogar bola, pular, dançar, meditar e… 

Image

Image

Image

por quê não? DORMIR! 🙂

Image

3, 2, 1… Testando.

Oi!

Eu tenho sentido falta de reunir coisas que eu gosto num canto. Eu faria isso num diário, numa pasta, numa caixinha, mas hoje em dia isso tudo é muito trabalhoso. 

Imagina pegar uma foto que gosto, recortar, escrever em cima, imprimir e guardar para ninguém mais ver?

Por vezes, estou zanzando na internet e tenho vontade de comentar o que vejo, mas no twitter não há como linkar e falar tudo em 140 caractéres. 

Enfim, sentia saudade de um blog. Eu já tive e ainda o tenho http://www.euficolouca.zip.net. Mas nele estão reunidas coisas do passado que não se misturariam bem com o que tenho para dizer no presente. 

Sei lá, é isso aí. Aqui vai ter tudo que tenho pra falar e mostrar e SEM censura. Posso mostrar meu dia-a-dia, o que visto, o que vejo, o que aprendo e onde vivo sem medo de ser feliz. ❤ ❤ ❤

Bem vindos ao meu mundo! Image